naom_5685230243349

A ascensão da realidade virtual tem sido mais relacionada com a área de entretenimento mas a utilização do Google Cardboard num hospital da Florida, nos EUA, é um exemplo dos benefícios que pode trazer.

Teegan Lexcen – um bebé de apenas quatro meses – nasceu com mal formações no peito, com um coração fora do normal e sem o pulmão esquerdo e teve de ser submetido a uma operação que acarretava sérios riscos para a sua sobrevivência.

Nesta situação e tendo em conta o frágil estado do bebé, os cirurgiões só saberiam de verdade o que teriam de fazer já durante operação. Esta tensão foi evitada graças ao sistema de realidade virtual a Google, que permitiu estudar antecipadamente a área de intervenção no peito do pequeno Teegan.

Para isso os cirurgiões tiveram de converter os exames em 2D feitos ao peito de Teegan em imagens estereoscópicas, o que permitiu ter uma noção muito mais clara do que precisava de ser feito. A operação foi um sucesso e Teegan poderá continuar a crescer junto dos pais.

Via Noticias ao Minuto


Comments

comments

About The Author

O Cara da TI, solteiro, cinéfilo e um amante de tecnologia. Sempre demorando meses para terminar um livro e um fim de semana para terminar uma série.